© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

© ALL RIGHTS RESERVED Todas as fotografias contidas neste blog estão protegidas por lei, pelo que é expressamente proibida qualquer cópia, utilização, modificação, venda, publicação, distribuição ou qualquer outro uso, total ou parcial, comercial ou não comercial, das mesmas. Exceptuam-se os usos livres contemplados na lei, nomeadamente o direito de utilização, desde que inequivocamente identificada a origem e os casos que foram expressa e previamente autorizados. O autor deste blog reserva-se ao direito de proceder judicialmente contra os autores de qualquer infracção e declina qualquer responsabilidade derivada da eventual utilização não autorizada, por terceiros.

2008 - 2017 © O MEU OLHAR- FOTOGRAFIA






6 de outubro de 2008

Estendais



Afurada - Vila Nova de Gaia.

9 comentários:

  1. Bonito B&W cheio de movimento. A roupa ao vento dá-lhe um toque sublime.
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Jorge Olá!
    Eu gosto de você ter o motivo retratado. É curioso para ver a maneira pela qual esta mulher tende roupa, parece de outros tempos. O edifício, localizado na parte inferior (que não é) Gosto permance na imagem.
    Saudações!

    ResponderEliminar
  3. Sempre que lá passo penso em fotografar e nunca tenho a máquina. Tens aí uma de cor com o rio no fundo, num dia de belos contrastes? Pode ficar também sublime. Esta já o é, sem dúvida.

    ResponderEliminar
  4. Esta foto é muito rica. O P/B fica-lhe muito bem.

    Mas o que sobressai, ao meu olhar, são os estendais, com a curiosidade das pedras a segurá-los da acção do vento. E dos paus, cruzados e presos entre si para elevar as cordas a meio do percurso.

    O próprio piso em que a cena se desenvolve parece uma espécie de paradoxo, ou seja, de tão liso, julgar-se-ia mais apropriado para, digamos, um campo de futsal, do que para estender roupa.

    O movimento das roupas ao vento dá uma sensação de dinamismo, que também me faz gostar da fotografia.

    Já quanto à senhora, com o seu avental próprio da função, parece estar quase a terminar o estender da roupa, pois tem o alguidar (de plástico, note-se!) aparentemente já vazio.

    Deslocado do contexto, só mesmo o edifício atrás. Digo eu.

    Saudações alentejanas para os visitantes deste belo espaço.

    ResponderEliminar
  5. Confesso que conheço muito mal esta zona, pelo que esta fotografia é um abrir de olhos, para as excelentes potencialidades fotográficas do lugar.
    O pormenor das pedras a segurar os paus, é fenomenal.:-)
    Adorei!

    ResponderEliminar
  6. Gostei do contraste entre o antigo edifício e os estendais!

    ResponderEliminar
  7. Na verdade essa foto está muito bonita, esses estendais são daqueles públicos onde toda a gente pode estender a sua roupa?
    muito interessante.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Muito bom P/B. Com um excelente contraste do branco ondulante da roupa nos curiosos estendais.
    Parabéns

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...